São Paulo
Local:
MASP
Avenida Paulista, 1578
Bela Vista - São Paulo
(11) 3251-5644
Horário:
das 10h às 18h; terças até as 20h
$
R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia-entrada); Grátis às terças
Ingresso
Cinema, Exposição
SALA DE VÍDEO: AKOSUA ADOMA OWUSU

Akosua Adoma Owusu (Vírgina, Estados Unidos, 1984) é uma cineasta gano-estadunidense reconhecida por sua produção de filmes em torno de temas como imigração, racismo, feminismos e opressão cultural. No vídeo Me broni ba, cuja tradução livre é [Minha branquinha] (2009), Owusu retrata, por um lado, o cotidiano das mulheres nos salões de beleza da cidade de Kumasi (Gana), sugerindo uma reflexão sobre as noções impostas pelos padrões ocidentais. Por outro, a obra mostra a imigração de uma criança negra de Gana para os Estados Unidos, apontando para os processos de contato e choque cultural decorrentes dessa mudança.

Me broni ba mescla cenas de tratamentos capilares de alisamento em salões – espaço que, no filme, é um lugar de sociabilidade feminina e de violência simbólica – com imagens de crianças ganenses imitando esse ato ao brincarem com bonecas brancas.  O vídeo apresenta narrações, que se assemelham a vozes inconscientes, comentando a dedicação que as mulheres costumam ter com os cabelos.

Na segunda parte do trabalho, surge uma voz narrando uma memória de infância que, em um movimento biográfico, revela-se como a da irmã de Owusu relatando o quanto a mudança de sua família para os Estados Unidos a colocou em contato com novas visualidades e experiências: a neve, as árvores desfolhadas, pessoas brancas e de cabelos loiros parecidas com suas bonecas. Estar em solo estadunidense a fez desejar transformar sua própria identidade.

Me broni ba aproxima as vivências de crianças e mulheres negras de diferentes partes do mundo que, ainda hoje, lidam com preterimento e a violência da imposição de um único padrão estético sobre seus corpos. Cabe pensar o quanto a reflexão sobre essa realidade pode abrir caminhos para a reconstituição, o pertencimento e a afetividade dos corpos negros e diaspóricos.

Sala de vídeo: Akosua Adoma Owusu tem curadoria de Horrana de Kássia Santoz, assistente curatorial do MASP.

Ao longo de 2019, os vídeos aqui apresentados integram o ciclo de Histórias das mulheres, histórias feministas do MASP. O programa destaca a produção de mulheres artistas, de diferentes nacionalidades, gerações e origens, com o objetivo de promover discussões sobre feminismos e a representatividade no campo das artes.

Até 2 de junho
De quarta a domingo, das 10h às 18h; Terças das 10h às 20h

Envie para um amigo!

Happy Hour
URSAL ✮ União de Ritmos & Sons da América Latina
Happy Hour
URSAL ✮ União de Ritmos & Sons da América Latina
Reggaeton | Mpb | Axé | Funk | Tecnobrega | Cumbia | Salsa | Pop Latino  
LOCAL
Música
Victoria Saavedra @ Show das 22h
Música
Victoria Saavedra @ Show das 22h
A cantora colombiana Victoria Saavedra apresenta, dia 24 de maio às 22h, o show em primeira mão com novidades do novo projeto “Perpécias” no palco do Estúdio Bixiga. O show é permeado com elementos da música colombiana, elementos rítmicos e matizes da música africana e da música brasileira. Sobre Victoria Saavedra A cantora colombiana, Victoria […]
LOCAL
Música
Vitor Da Trindade
Música
Vitor Da Trindade
“Omoloye” traz uma versão pop/world music dos beats afro, mostrando as levadas do ritual do candomblé, mescladas com os ritmos da diáspora, traduzidos em maracatu, jongo, jazz, reggae, samba e beats do hip-hop. Muito ritmo e suingue nas composições de Vitor, além de parcerias com Letícia Coura e canções inéditas de Carlos Rennó e Zeca […]
LOCAL
Música
Camila Trindade
Música
Camila Trindade
Cantora e compositora nascida em Embu das Artes e filha de baianos, Camila Trindade carrega na sua música ancestralidade e poesia. Com um timbre doce, porém forte, mescla influências que vão do rock and roll ao samba, abordando as durezas do cotidiano sob o prisma de mulher negra, gorda e periférica. Entre os trabalhos que […]
LOCAL
CATEGORIAS
Contato
para dicas:
para anunciar: