São Paulo

- Endereços -

São Paulo
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
  6. f
  7. g
  8. h
  9. i
  10. j
  11. k
  12. l
  13. m
  14. n
  15. o
  16. p
  17. q
  18. r
  19. s
  20. t
  21. u
  22. v
  23. w
  24. x
  25. y
  26. z
CCMI / JazznosFundos

Assim como o seu público cativo, que acompanhou de perto seus dez anos de história(s), o Jazz nos Fundos cresceu, amadureceu e se transformou. Mudou também fisicamente, para um novo espaço, bem maior, mais completo e preparado para receber os assíduos e também novos frequentadores, que cultivam em comum o gosto pela boa música.

Localizado na rua Cardeal Arcoverde – vizinho, portanto, de seu antigo endereço -, o Jazz nos Fundos passou a ocupar, desde junho, uma das duas salas de shows do novo Centro Cultural da Música Instrumental, com entrada gratuita, que conta com duas salas para apresentações: a JazznosFundos e a Sala do Autor.

De terça-feira a sábado, o CCMI (como já é chamado entre os frequentadores) costuma receber dois shows, sempre em horários alternados, de forma que o público possa escolher o som que mais lhe interessar levando em consideração o estilo e o horário das apresentações. As entradas também são cobradas isoladamente. Tudo para você, nosso público, ter total liberdade na escolha.

Como o nome já diz, a Sala Jazz nos Fundos preserva o DNA da antiga casa, com uma programação que privilegia a música instrumental e o jazz, claro. Instalada no andar subterrâneo do CCMI, a sala manteve sua tradicional miniplateia e, atendendo a pedidos, ganhou ainda pequenas mesas. Há ainda o espaço cativo para quem quer assistir ao show em pé, além do bar, de onde saem cervejas, drinks e petiscos.

Já a Sala do Autor, que fica no piso térreo do CCMI, dá ênfase à música autoral. Nesse ambiente, diferentemente da sala Jazz nos Fundos, a ideia é apreciar a música em um ambiente silencioso, em que todos possam curtir a qualidade do som e da acústica envolvida.

Como a programação das duas salas acontece em horários alternados, o público tem a possibilidade ainda de curtir os dois shows, e, para isso, ganham desconto na compra da segunda entrada. Afinal, uma das propostas que sempre nortearam a casa é oferecer música de qualidade com preços democráticos. Nada mais justo.

Quando surgiu como um speakeasy, há dez anos, o Jazz nos Fundos apresentava cerca de 16 shows por mês. Hoje, a casa irmã, JazzB, no Centro de São Paulo, e o novo CCMI elevaram esse número para 60 apresentações mensais, o que faz com que o CCMI e o JazzB tenham se transformado em um polo da música instrumental, referência em curadoria, acústica e qualidade da programação dentro e fora do Brasil.

CCMI / JazznosFundos
Rua Cardeal Arcoverde, 742
Pinheiros - São Paulo
(11) 3068-5975
http://www.jazznosfundos.net
Carnaval
Baile De Carnaval Da Massa Real
Carnaval
Baile De Carnaval Da Massa Real
Idealizado pelo cantor e compositor baiano Pietro Leal, o Baile da Massa Real nasceu com a proposta de provocar encontros. A cultura, música, dança, jeito e sotaque da Bahia foram ingredientes fortes na criação desse projeto. Idealizado inicialmente para a cidade de São Paulo, o Baile começou seus trabalhos em Salvador-BA, com duas edições experimentais […]
LOCAL
ExposiçãoLiteratura
Ocupação Manoel de Barros
ExposiçãoLiteratura
Ocupação Manoel de Barros
O poeta Manoel de Barros (1916-2014) é tema da 43ª edição do programa Ocupação Itaú Cultural. Com manuscritos e outros materiais selecionados do acervo pessoal do homenageado, a exposição passeia por toda a trajetória do autor – que brincava com a norma culta da língua e monumentava as coisas e seres (o humano, inclusive) desprezados […]
LOCAL
Teatro
A Ponte
Teatro
A Ponte
A Ponte, do dramaturgo canadense Daniel Maclvor, aborda a intimidade familiar de três irmãs separadas pela vida que se reencontram para enfrentar a morte iminente da mãe: Louise, a mais jovem, desconectada da sociedade e viciada em seriados de TV; Agnes, a irmã do meio, uma atriz falida que deixou sua cidade natal; e Teresa, […]
LOCAL
Artes VisuaisExposição
Exposição ANDRÉ DAHMER
Artes VisuaisExposição
Exposição ANDRÉ DAHMER
Criador de tiras que alcançaram sucesso através de um humor particularmente ácido, abordagens inusitadas e muitas vezes totalmente cruas da vida cotidiana, o consagrado autor de “Malvados”, “O livro Negro de André Dahmer”, “A cabeça é a ilha”, “Rei Emir Saad: O monstro de Zazanov”, “Vida e Obra de Terêncio Horto” e “Quadrinhos dos anos […]
LOCAL
CATEGORIAS
Contato
para dicas:
para anunciar: