São Paulo

- Endereços -

São Paulo
  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
  6. f
  7. g
  8. h
  9. i
  10. j
  11. k
  12. l
  13. m
  14. n
  15. o
  16. p
  17. q
  18. r
  19. s
  20. t
  21. u
  22. v
  23. w
  24. x
  25. y
  26. z
Grand Metropole

Nos anos 60, a cidade de São Paulo era rica em galerias. Uma das mais famosas delas era a Metrópole, na Avenida São Luís. Ponto obrigatório de artistas, intelectuais, jornalistas e estudantes, principalmente por conta dos inúmeros bares que abrigava. Por lá se reuniam grandes nomes da música brasileira, na época em início de carreira, como Caetano Veloso, Chico Buarque, Vinicius de Moraes, Gilberto Gil, Jorge Ben e Lupicínio Rodrigues. Todos em busca de boa conversa e boa música. Até mesmo Oscar Petterson, considerado um dos maiores pianistas de jazz de todos os tempos, passou pelo local e proporcionou talvez a maior jam-session que a cidade já teve notícia na boate Le Club, dentro da galeria. Nela também foi onde o grupo de Bossa Nova Jango Trio começou sua trajetória de sucesso, e o escritor Plínio Marcos lançou a sua primeira peça, “Dois Perdidos Numa Noite Suja”.

No intuito de devolver aos paulistanos toda essa história que guarda a Galeria Metrópole, em especial o Cine Metrópole, os empresários André Almada e Klaus Ebone decidiram restaurar o espaço e devolvê-lo à cidade em forma de um espaço multieventos. O processo de restauração do imóvel, que é tombado pelo Patrimônio Histórico, teve início em 2007, incentivando ainda mais o processo de revitalização do centro de São Paulo. Com capacidade acima de 2 mil pessoas, a casa possui toda a infraestrutura necessária para atender a demandas diversas, seja shows de bandas e artistas nacionais e internacionais, eventos corporativos, de música eletrônica e culturais, congressos, formaturas e até mesmo aniversários e casamentos.

O projeto é assinado pelo arquiteto alagoano Osvaldo Tenório, e remete a uma atmosfera diferenciada do cinema. “Ao entrar lá, as pessoas saem do mundo real para viver uma experiência lúdica”, afirma. Foram preservadas e resgatadas características originais da obra, como os lustres e as arandelas de cristal, o piso de madeira e mármore, o logotipo (a letra “M” ao contrário), que aparece nos puxadores das portas de acesso e no letreiro que traz o nome da casa, e até mesmo o forro do gesso, cujo desenho dos ângulos contribui com a acústica do espaço. Destaque ainda para a complementação com luminárias modernas e o aproveitamento do terraço superior, que originou o “fumoir-lounge”, de onde se pode apreciar uma linda vista da cidade.

Em operação em sistema soft-opening desde junho de 2012, o Metrópole já foi palco de apresentações de peso, como o grupo sueco “I’m from Barcelona”, que conta com 29 integrantes, responsáveis por uma mistura eclética de coros e instrumentos como clarinetes, saxofones, flautas, trompetes, banjos, acordeões e guitarras, entre outros; e a multi-instrumentista neozelandesa Ladyhawke, entre outros eventos de música eletrônica. Ainda para 2012 estão previstas atrações como Jorge Ben, Tiago Abravanel e a estreia nacional do club NME, promovido pela publicação britânica New Musical Express.

fonte: http://www.grandmetropole.com.br/

Grand Metropole
Avenida São Luís, 187
República - São Paulo
(11) 3158-5000
http://www.grandmetropole.com.br/
CATEGORIAS
Contato
para dicas:
para anunciar: