São Paulo
Conversas com cineastas
Por: Mônica Herculano
publicado em: 17 de agosto de 2015

invasor

Embora já tivesse dirigido os excepcionais “Os Matadores” e “Ação entre Amigos”, foi com “O Invasor” que Beto Brant chegou com potência no rol da cinematografia brasileira. E é sobre ele que o cineasta conversa com o público na próxima sexta-feira (21/8), às 15h, na Biblioteca Viriato Corrêa (Rua Sena Madureira, 298, Vila Mariana, São Paulo).

 

O debate faz parte de uma série de encontros com diretores de cinema em bibliotecas públicas de São Paulo. A ação é promovida pela Revista de Cinema em parceria com a Spcine, e acontece ao longo de agosto e setembro. Na ocasião, os cineastas apresentam suas obras, contam detalhes sobre o processo de criação e debatem questões importantes levantadas por cada filme.

 

Lançado em 2001, “O Invasor” é uma adaptação do livro homônimo de Marçal Aquino, parceiro em pelo menos outras cinco produções de Brant. Estrelado por Paulo Miklos, em seu primeiro trabalho no cinema, o filme somou prêmios em diferentes festivais nacionais e internacionais, entre eles, Sundance, Cine PE e Trófeu APCA. Conta a história de dois sócios de uma construtora que contratam um assassino de aluguel para eliminar o terceiro e, depois, têm de lidar com o comportamento invasivo do criminoso.

 

O encontro com os cineastas segue no dia 1º de setembro, às 14h, com a exibição de “Bróder” (2009), na Biblioteca Alceu Amoroso Lima(Rua Henrique Schaumann, 777, Pinheiros). Filme de estreia do diretor Jefferson De, tem Caio Blat, Jonathan Haagensen, Sílvio Guindane, Cássia Kiss e Ailton Graça no elenco.

 

Para fechar a programação, a diretora Tata Amaral apresenta “Antônia”. Lançado em 2007, narra a história de quatro amigas que enfrentam um cotidiano de violência, pobreza e machismo para realizar o sonho de viver do rap. O longa é protagonizado pelas cantoras Negra Li, Leilah Moreno, Quelynah e Cindy Mendes. A exibição acontece no dia 30 de setembro, às 14h30, na Biblioteca Álvares de Azevedo (Praça Joaquim José da Nova, s/n, Vila Maria).

 

A entrada nos eventos é gratuita e está sujeita à lotação do espaço.

Envie para um amigo

Quer comentar? 00

Cinema
Pixote: a lei do mais fraco
Cinema
Pixote: a lei do mais fraco
Pixote (Fernando Ramos da Silva) foi abandonado por seus pais e rouba para viver nas ruas. Ele já esteve internado em reformatórios e isto só ajudou na sua “educação”, pois conviveu com todo os tipos de criminosos e jovens delinquente. Ele sobrevive se tornando um pequeno traficante de drogas, cafetão e assassino, mesmo tendo apenas […]
LOCAL
Teatro
O PIROTÉCNICO ZACARIAS – MURILO RUBIÃO 100 ANOS
Teatro
O PIROTÉCNICO ZACARIAS – MURILO RUBIÃO 100 ANOS
A nova montagem do grupo teatral mineiro Giramundo aproxima o teatro de bonecos do cinema e da animação, integrando imagens reais e imagens pré-gravadas. Marionetes, máscaras, sombras e filmes, imersos no realismo mágico de Murilo Rubião, questionam a possibilidade de compreensão da realidade e comemoram 100 anos de nascimento do autor.
LOCAL
Artes Visuais
Exposição À Nordeste
Artes Visuais
Exposição À Nordeste
À Nordeste procura entrecruzar reflexões sobre o Brasil a partir da produção simbólica do Nordeste numa perspectiva de suas singularidades regionais e da radicalidade de sua dimensão sensível. Um olhar sobre a história da região que revela dimensões vertebrais da formação e da contemporaneidade do Brasil e de suas infinitas pluralidades. Reunindo um conjunto significativo […]
LOCAL
Artes VisuaisExposição
Os anos em que vivemos em perigo
Artes VisuaisExposição
Os anos em que vivemos em perigo
A exposição Os anos em que vivemos em perigo, com curadoria de Marcos Moraes, propõe uma reflexão sobre a arte brasileira da segunda metade da década de sessenta, com suas diversidades de atmosfera marcadas pela presença do perigo e da ameaça, promovendo uma articulação com exposições que, há 50 anos, direcionaram as investigações artísticas de […]
LOCAL
CATEGORIAS
Contato
para dicas:
para anunciar: