São Paulo
Rapidinha com o Uia: Rodrigo Brandão
Por: Uia Diário
10 de dezembro de 2017


rodrigo brandãoRodrigo Brandão, aka Gorila Urbano, é um dos caras que a gente mais curte em São Paulo, no Brasil, no mundo! Mais do que um MC, ele é um dos maiores agregadores no que diz respeito à cultura da cidade, reunindo artistas dos mais variados talentos, brasileiros e estrangeiros, e participando de projetos que nos dão orgulho de ser daqui e estar aqui mesmo em momentos tão malucos como os atuais.

Entre os seus feitos mais recentes está o Brookzill, que reúne, além do próprio Brandão, ninguém menos que o DJ Prince Paul e seu parceiro Don Newkirk (ambos de Nova York e envolvidos em projetos fundamentais na história do hip hop) e Ladybug Mecca (Digable Planets). Eles lançaram seu primeiro disco ano passado, depois de 10 anos de trabalho conjunto, e a gente não vê a hora de curtir esse quarteto em terras brasileiras.

Em 2017, a gente encontrou bastante o Brandão por vários picos da cidade, em projetos como o Trovadores do Miocárdio, Black Poetry, apresentações com os parceiros do Hurtmold, discotecando na nova festa Até Deus Dança (com o DJ DvBz, Lúcio Maia e Jorge Du Peixe) e na volta da Chaka Hotnightz. Ele também esteve em estúdio gravando disco, que em breve deve chegar pra todo mundo ouvir.

Não tinha como não chamá-lo pra uma Rapidinha, né? Se liga:

Uia: Qual a boa em São Paulo?
Rodrigo Brandão: O contra-fluxo. Seja do trânsito ou do hype, a melhor cidade se apresenta onde tem espaço pra ser livre.

Uia: E um programa de índio?
RB: No bom sentido do termo, é buscar proximidade com a Mamãe Natureza: Ibirapuera, Represa Guarapiranga, Horto Florestal, ou até a USP. Do outro lado da interpretação, o quase-quarteirão ocupado pelo Villa Country é um exemplo, né? Baita programa de… cowboy, na verdade!

Uia: Uma trilha sonora pra São Paulo.
RB: Ninguém traduziu essa cidade em som tão bem quanto Racionais. Mas se ‘tamo falando dum barato + lúdico, Massive Attack tem muito a ver.

Uia: Qual o último show que você viu na cidade?
RB: Curti Raekwon, Rincon, Rimas & Melodias domingo, mas em S. André… No perímetro da capital memo, foi o Elo Da Corrente no Pico, dia 25/11.

Uia: E o último filme que assistiu?
RB: Liga Da Justiça. Piro em filme de super herói. Quando era pivete, lia os gibis e imaginava eles se movendo, como um filme mesmo. E hoje em dia, os caras já chegaram num grau que é + loko do que eu conseguia sonhar, liga? E a Mulher Maravilha faz jus ao nome.

Uia: O que te tira o sono em SP?
RB: Ódio.

Uia: Alguma solução pra voltar a dormir em paz?
RB: Amor.

Uia: Um rosto e/ou voz pra São Paulo.
RB: Mano Brown, sem dúvida.

Uia: Um espetáculo que você gostaria de ver na cidade.
RB: A reunião de todos os membros vivos do Parliament/Funkadelic em praça aberta é uma. Portishead também. E OutKast!

Uia: Qual bairro você homenagearia numa canção?
RB: O Centro Da Cidade, hoje chamado de centro velho. Que aliás, já foi tema de um dos primeiros raps gravados no país, do MC Jack. Aquilo é encruzilhada de Exu, malandro.

Uia: Uma frase que defina São Paulo.
RB: ‘The Revolution Will Not Be Televised.’ Ou ‘Liberdade é só o nome do bairro em que eu nasci’.

Envie para um amigo

Artes Visuais
Exposição À Nordeste
Artes Visuais
Exposição À Nordeste
À Nordeste procura entrecruzar reflexões sobre o Brasil a partir da produção simbólica do Nordeste numa perspectiva de suas singularidades regionais e da radicalidade de sua dimensão sensível. Um olhar sobre a história da região que revela dimensões vertebrais da formação e da contemporaneidade do Brasil e de suas infinitas pluralidades. Reunindo um conjunto significativo […]
LOCAL
Artes VisuaisExposição
ACERVO EM TRANSFORMAÇÃO: MUSEUM OF CONTEMPORARY ART CHICAGO
Artes VisuaisExposição
ACERVO EM TRANSFORMAÇÃO: MUSEUM OF CONTEMPORARY ART CHICAGO
Acervo em transformação é o título da exposição de longa duração da coleção do MASP. Os trabalhos são expostos nos cavaletes de cristal — placas de vidro encaixadas em um bloco de concreto. Os cavaletes de cristal ficam dispostos em fileiras na sala ampla, livre de divisórias, do segundo andar do museu. Retirar as obras […]
LOCAL
CATEGORIAS
Contato
para dicas:
para anunciar: