São Paulo
Rapidinha com o Uia: Mauricio Tagliari
Por: Uia Diário
16 de maio de 2019


Guitarrista, produtor e diretor artístico do selo ybmusic, Mauricio Tagliari, integrante original da banda Nouvelle Cuisine e do coletivo The Universal Mauricio Orchestra, tem mais de 200 discos no currículo, mas só agora assina um álbum solo.

MAô: Contraponto e Fuga da Realidade, conta com parcerias e participações de grandes nomes da atual safra de criadores da música brasileira como Ava Rocha, Luedji Luna, Assucena Assucena, Rodrigo Campos, Saulo Duarte, Maria Beraldo, Mauricio Pereira, entre outros. É um projeto de canções que foge de definições de estilo. Um registro orgânico, gravado com as várias formações de banda quase sempre ao vivo.

Nesta quinta-feira (16/5) ele faz show de pré-lançamento do álbum no Bona, com participação de Rodrigo Campos. Aproveitamos a deixa pra fazer uma Rapidinha com ele:

Uia: Qual a boa em São Paulo?
Mauricio Tagliari: Ter amigos do Brasil (e do mundo) todo fazendo música por aqui.

Uia: E uma roubada?
MT: Saber que temos tanto eleitor e cidadão com pensamento retrógrado. O paulista é péssimo eleitor. Ou tem sido.

Uia: Uma trilha sonora pra São Paulo.
MT: Rodrigo Campos.

Uia: Qual o último show que você viu na cidade?
MT: Soños, de Thomas Harres, no Centro da Terra.

Uia: O que te tira o sono em SP?
MT: Muita coisa! Boteco com televisão tocando sertanejo, poluição, cinemas e lojas de disco virarem templos evangélicos, intolerância, etc.

Uia: Alguma solução pra voltar a dormir em paz?
MT: Fazer música, meditar, beber vinho bom e Lula livre.

Uia: Um rosto e/ou voz pra São Paulo.
MT: O rosto da mulher mestiça trabalhadora no ônibus. A voz de todos os sotaques.

Uia: Um espetáculo que você gostaria de ver na cidade.
MT: O espetáculo da democracia! Art Ensemble of Chicago também seria massa.

Uia: Qual bairro você homenagearia numa canção?
MT: Já morei no Ipiranga, Vila Mariana, Sumaré, Bela Vista, Jardins. Hoje estou no Centro e adorando. Minha homenagem vai para a República. Aliás, boa ideia você me deu.

Uia: Uma frase que defina São Paulo.
MT: Inferno com nome de santo, cidade sem rosto, dos rios cobertos, grana e miséria pra todo canto, és meu canto, e te canto.

 

Envie para um amigo

Artes VisuaisExposição
ACERVO EM TRANSFORMAÇÃO: MUSEUM OF CONTEMPORARY ART CHICAGO
Artes VisuaisExposição
ACERVO EM TRANSFORMAÇÃO: MUSEUM OF CONTEMPORARY ART CHICAGO
Acervo em transformação é o título da exposição de longa duração da coleção do MASP. Os trabalhos são expostos nos cavaletes de cristal — placas de vidro encaixadas em um bloco de concreto. Os cavaletes de cristal ficam dispostos em fileiras na sala ampla, livre de divisórias, do segundo andar do museu. Retirar as obras […]
LOCAL
CATEGORIAS
Contato
para dicas:
para anunciar: