São Paulo
Rapidinha com o Uia: Maurício Pereira
Por: Uia Diário
30 de janeiro de 2018


mauricio pereiraA gente poderia ficar horas aqui dizendo o quanto amamos o Maurício Pereira. Talvez dias. Talvez anos. E o tempo ia passar e a gente ia continuar achando ele um ser humano iluminado, especial, gênio, aquele tipo de pessoa que a gente só agradece por ter a chance de conhecer nessa vida lôka. Provavelmente se alguém nos fizesse a pergunta que sempre fazemos, “qual seria uma cara e/ou uma voz pra São Paulo?”, a gente responderia: Mauricio Pereira.

Compositor, músico, cantor, jornalista, locutor, produtor, pai do Tim Bernardes (d’O Terno), metade d’Os Mulheres Negras (a outra é o amigo-irmão André Abujamra), autor de algumas das poesias mais lindas que já ouvimos e dono dos shows de onde sempre saímos mais felizes. E se você quiser mais detalhes, recomendamos a visita ao site www.mauriciopereira.com.br, onde também pode ouvir os discos solo dele, e a página no Facebook, onde ele sempre conta o que anda aprontando por aí.

Pereira está sempre apreciando e questionando a vida, refletindo sobre os mais diversos assuntos, o que pode render horas de papo cabeçudo onde quer que você o encontre, online ou offline. Ele foi um dos artistas pioneiros no uso da internet no Brasil – lançou um site em 1995 e, em 1996, fez o primeiro show ao vivo via internet no país -, mas ao mesmo tempo ainda diz pra mandarmos cartas pra caixa postal d’Os Mulheres Negras (20908), que ele vai adorar.

No momento ele está em estúdio gravando um novo disco, com produção do Gustavo Ruiz. Entre uma sessão e outra, faz uns shows pela cidade. Nesta quinta-feira (1/2) se apresenta no projeto Música no Vão do Masp, com o show Carnaval Turbilhão; e dia 10 de fevereiro na Casa de Francisca, em sessão dupla: às 13h e às 22h.

No meio disso tudo, catamos ele pra uma Rapidinha:

Uia: Qual a boa em São Paulo?
Mauricio Pereira: Agora que o tempo esquentou, tomar uma em qualquer mesinha de qualquer boteco de qualquer bairro de SP, com qualquer amigo chegado pra falar de qualquer assunto.

Uia: E uma roubada?
MP: Comprar presente de amigo secreto num shopping no dia 24 depois das duas da tarde.

Uia: Uma trilha sonora pra São Paulo.
MP: Ando ouvindo a Nativa FM de manhã, pra ver se minha mente sai da bolha um pouco.

Uia: Qual o último show que você viu na cidade?
MP: A fabulosa Tulipa Ruiz fazendo seu “Tu”. Fabulosa.

Uia: E o último filme que assistiu?
MP: Vi esse “The Meyerowitz Stories” na internet. Já no cinema, outro dia tava em Amparo, interior de SP, e revi “The General”, do Buster Keaton. Esse cara era uma influência pro meu personagem nos Mulheres.

Uia: O que te tira o sono em SP?
MP: Eu mesmo. Com o grau de insônia que eu tenho, nem preciso do prefeito, da poluição, da violência, da desigualdade, da pilha toda…

Uia: Alguma solução pra voltar a dormir em paz?
MP: Ir pra roça.

Uia: Um rosto e/ou voz pra São Paulo.
MP: Montes. Hoje só tou conseguindo pensar na minha mãe e no Kiko Dinucci. Mesmo ele sendo de Guarulhos.

Uia: Um espetáculo que você gostaria de ver na cidade.
MP: Jogos do Corinthians no Pacaembu.

Uia: Qual bairro você homenagearia numa canção?
MP: Sei lá, todos merecem. Já tem canção pro Belenzinho? Tenho boas recordações de infância lá, na casa da minha avó.

Uia: Uma frase que defina São Paulo.
MP: Não sei como a gente aguenta tanta liberdade e tanta prisão ao mesmo tempo.

Envie para um amigo

Artes VisuaisExposição
LANDMANN – TÊXTEIS PRÉ-COLOMBIANOS
Artes VisuaisExposição
LANDMANN – TÊXTEIS PRÉ-COLOMBIANOS
Esta é a primeira de duas exposições dedicadas ao comodato MASP Landmann, que chegou ao museu em 2016, onde permanecerá por um período de dez anos. São 906 peças incluindo têxteis, objeto desta mostra, além de cerâmicas e metais. Ao longo de mais de cinquenta anos, Oscar e Edith Landmann reuniram uma das mais representativas […]
LOCAL
CinemaExposição
SALA DE VÍDEO: Laura Huertas Millán
CinemaExposição
SALA DE VÍDEO: Laura Huertas Millán
Laura Huertas Millán (Bogotá, Colômbia, 1983) é uma artista e cineasta franco-colombiana que, através de seu trabalho, explora temas como a etnografia, o exotismo, a história política, a ecologia e a ficção científica. Seus filmes têm participado das seleções oficiais do Festival de Cinema de Toronto, Locarno, Paris (Cinéma du Réel), Turim, Cartagena, Havana, Cidade […]
LOCAL
Exposição
Exposição Vaivém
Exposição
Exposição Vaivém
A exposição investiga as relações entre as redes de dormir e a construção da identidade nacional no Brasil. Quando a rede – criada por diferentes povos originários ameríndios – passou a ser associada de maneira direta com o território brasileiro e a noção de brasilidade? A exposição caracteriza-se por seu caráter trans-histórico, reunindo artistas de distintos […]
LOCAL
Artes VisuaisExposição
Björk Digital
Artes VisuaisExposição
Björk Digital
O MIS recebe a mostra internacional Björk Digital. Na exposição-instalação, tecnologia e arte se unem para ilustrar de forma contemporânea e artística as imagens poéticas das músicas da cantora islandesa Björk. A mostra, que estreou em Sydney em 2016 e já passou por Tóquio, Barcelona, Cidade do México, Moscou, Montreal, Londres e Los Angeles, entre […]
LOCAL
CATEGORIAS
Contato
para dicas:
para anunciar: