São Paulo
Somos Rádio
Por: Alice Coutinho
publicado em: 06 de maio de 2015

somosradioO Movimento SOMOS RÁDIO surgiu há alguns meses da união de um grupo de músicos, produtores e jornalistas em resposta às recentes demissões e cortes de verbas na Fundação Padre Anchieta, que causaram o desmonte da Rádio Cultura AM, uma importante rádio pública e educativa, das poucas focadas na música brasileira não comercial, com grande espaço para a produção contemporânea.

 

 

Desde então o Movimento procura agregar músicos, comunicadores, produtores e radialistas para a promoção de ações que levem a reflexão da importância das rádios e da programação de qualidade para o país; e pedindo o retorno da programação da Cultura AM.

 

A primeira dessas ações tem o apoio do P10 – Coletivo de Casas Autorais de São Paulo e acontecerá no dia 14 de maio.

 

 

Serão 12 shows acontecendo simultaneamente em 11 casas, uma programação incrível com nomes como Maurício Pereira e Ná Ozzetti, Siba, Tatá Aeroplano e muitos outros. O formato das apresentações será similar a programas de rádio, com entrevistas e músicas ao vivo. Para isso, o movimento convidou radialistas que farão a apresentação dos shows, e a nossa coruja Mônica Herculano fará parte da programação.

 

 

Programação:

Boutique Vintage Brechó Bar
Show: Isabela Moraes | Radialista apresentador:  Regis Salvarani

 

Casa de Francisca
Show: Siba |Radialista apresentador: Patrícia Palumbo

 

Casa do Núcleo
Show: Ná Ozetti e Maurício Pereira |Radialista apresentador: Geraldo Leite

 

Central das Artes
Show: Gui Dauvignau |Radialista apresentador: Dudão Melo

 

Centro Cultural Rio Verde
Show: ORDEP + Banda Oxe |Radialista apresentador: Laura Mayumi

 

Epicentro Cultural
Show: Chimpanzé Clube Trio | Radialista apresentador: Miriam Ramos

 

Jongo Reverendo
Festa da Pilantragi | Radialista apresentador: Renata Simões

 

Mundo Pensante
Show: Tatá Aeroplano participação especial Gustavo Galo | Radialista apresentador: Mônica Herculano

 

Puxadinho da Praça
Show: Show 1: Rafael Castro; Show 2: Saulo Duarte & A Unidade | Radialista apresentador: Roberta Martinelli

 

Serralheria
Show: Ricardo Herz Trio | Radialista apresentador: Débora Pill

 

Zé Presidente
Show: Zimbher | Radialista apresentador: Ricardo Côrte Real

 

 

Veja o serviço de cada casa no site: www.somosradio.com.br. E apoie o movimento com sua presença no dia 14!

Envie para um amigo

Paribar 10 anos
Por: Alice Coutinho
publicado em: 27 de abril de 2015

Festa_Paribar_-_divulgacaoO Paribar, agitado restaurante com mesinhas na calçada da Praça Dom José Gaspar, completa nessa sexta-feira 10 anos com uma festona na praça.

 

O Paribar abriu como um café em 2005 pelo empreendedor Luiz Campiglia, com mesmo nome e endereço do tradicional bar da década de cinquenta, reduto de boêmios e pensadores daquela geração. As mesinhas na calçada e a programação musical se tornaram um grande atrativo ao público jovem que na época pouco frequentava o centro. Aos poucos, junto com a revitalização do baixo Augusta, outros restaurantes, bares e casas de show foram aparecendo no entorno, como o Alberta #3, Dona Onça, Ramona, Grand Metrópole, Mandíbula entre outros.

 

Com esse boom cultural na região, Luiz abriu seu espaço também para festas a partir de 2011, aproveitando a praça e recebendo festas abertas durante o dia, como a Selvagem e a Free Beats, que com o passar dos anos se instalaram no local. As edições da Selvagem chegam a levar mais de 1.000 pessoas ao Paribar. O sucesso foi tanto que eles pretendem abrir um novo restaurante ao lado e realizar um festival de rock ainda esse ano em parceria com o bar Mandíbula.

 
E nessa sexta, feriado, o aniversário que tem a curadoria de Neto Niggaz começa às 11h da manhã, traz o cardápio dos brunchs dos domingos e um dia inteiro com DJs, exposições, batalhas de MCs e grafiteiros.

unnamed

Aniversário de 10 anos do Paribar
Sexta, 01 de maio de 2015, das 11h às 20h
Praça Dom José Gaspar 42,  Centro –  Tel. 3237-0771
Site: www.paribar.com.br
Area de Fumante: não (só a Praça)
Acesso a deficiente: Sim
Cartões de crédito: American Express, Diners, Mastercard, Visa
Cartões de débito: Maestro, Rede Shop, Visa Electron
Vallet, Estacionamento: Não

 

Envie para um amigo

Yb music – a regra é surpreender
Por: Alice Coutinho
publicado em: 20 de abril de 2015

11043000_964963413516390_1100320179465371140_nO que Nação Zumbi, Passo Torto, Aláfia, Sabotage, Nina Becker, Saulo Duarte, Tulipa, Lurdez da Luz, Felipe Cordeiro e Trio Mocotó tem a ver entre si? Basta virar a contra-capa dos discos desses artistas que você verá uma logo em comum em todos eles: da YBmusic.

 

A yb é uma gravadora e selo musical que surgiu no fim dos anos 90, bem no momento em que a indústria fonográfica tinha seus últimos anos de bonança antes da derrocada causada pela chegada da internet, e o compartilhamento de músicas. Mas ao contrário do caminho das grandes majors nessa última década, a yb cresceu e construiu uma das marcas mais importantes na música contemporânea brasileira, com um catálogo incrível que traduz a diversidade e a riqueza musical dos últimos anos no Brasil. A aposta nos artistas independentes, a regra em surpreender e a liberdade para buscar modelos de inovação foi o que fez a gravadora chegar tão bem em 2015. Eles também produzem e licenciam trilhas sonoras para cinema, tv, publicidade, e assinam programas como o Cantoras do Brasil, em quarta temporada na tv paga.

 

Com tantas atividades e produções nesses mais de 15 anos eles resolveram criar o #Arquivoyb, para contar a história e resgatar em sons, imagens, vídeos momentos importantes não só da gravadora mas da música brasileira. Toda quarta em sua página do facebook (http://www.facebook.com/ybmusica) eles resgatam histórias de alguns álbuns e bandas como Nouvelle, Sujeito a Guincho, Nação Zumbi, entre outros. Vale a pena acompanhar!

 

Além disso essa semana a yb assina a curadoria de shows do Festival Path, que é um festival de inovação e criatividade que rola no próximo sábado e domingo com palestras, filmes, feira gastronômica e shows, claro!

 

A ideia do line-up segundo Maurício Tagliari, sócio da empresa foi “elencar as 4 vertentes que achamos mais interessantes na música popular atual: 1. um bloco indie com artistas do Rio e SP ; 2. uma trinca de meninas que circulam na black music e no hip hop; 3. a música do Pará e sua vertente mais pop e tropical; 4. a música instrumental para dançar e carnavalizar. Juntamos os artistas nesses blocos e incentivamos a troca de experiências e participações cruzadas”.  Ficou curioso? Então veja abaixo os nomes confirmados e divirta-se!

 

 

LINE-UP: Estúdio (domingo, 26/4, a partir das 13:00)

Curadoria da YB Music (www.yb.com.br); necessário ingresso*

 Holger –  https://www.facebook.com/holgerband

 Inky – https://www.facebook.com/Inkymusic

– Duda Brack – www.facebook.com/adudabrack

 Tássia Reis – https://pt-br.facebook.com/tassiareisoficial

 Lurdez da Luz – https://www.facebook.com/lurdezluz

– Xênia França – https://www.facebook.com/xaniquajohnson

 Gaby Amarantos – http://gabyamarantos.com

– Thiago França –  https://www.facebook.com/thiagosax

 Saulo Duarte e a Unidade – https://www.facebook.com/sauloduarteeaunidade

 

 

VEJA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA: http://www.festivalpath.com.br/2015/shows/

Os ingressos podem ser comprados no site: http://www.festivalpath.com.br/

SERVIÇO:

Festival Path 2015

25 e 26 de abril

Ingressos: a partir de R$ 99

Estúdio (Av. Pedroso de Morais, 1036, Pinheiros)

Envie para um amigo

Sonhos do Homem Bruxa
Por: Mônica Herculano
publicado em: 15 de abril de 2015

abuQuem acompanha André Abujamra nas redes sociais já viu que ele anda ativíssimo ultimamente. Não que alguma vez tenha parado.

 

Seu nome assina a trilha sonora de mais de 40 filmes brasileiros – como Bicho de 7 cabeças, Carandiru, Durval Discos, Domésticas, I Love Rio e o mais recente Trinta, sobre a vida de Joãozinho Trinta. Na TV, fez trilhas famosas como a do Castelo Ra-tim-bum, Provocações e Telecurso segundo grau. No teatro, assinou diversas peças, entre elas Fragmentos de um Discurso Amoroso e Tribos, ambas com Antonio Fagundes no elenco. Acumula 7 APETESP e foi o ganhador mais jovem, com apenas 23 anos, do prêmio Molieré, com a peça Encontrar-se.

 

Até pro Uia ele já fez trilha: a vinheta de abertura do nosso podcast é dele – e agora você ouve toda sexta no nosso programa na rádio Antena Zero, o Uia no Ar.

 

Na década de 1980, junto com Maurício Pereira, André fundou Os Mulheres Negras, “a terceira menor big band do mundo”, que amém voltou a nos encontrar em shows ao vivo e em breve, dizem, deve lançar disco novo. Abu também criou a banda Karnak e, em 2014, foi diretor musical e coordenador da banda do programa Agora é Tarde, na Bandeirantes.

 

Além disso, é ator. Na TV, seus mais recentes trabalhos foram Saramandaia e Os Experientes, ambas na TV Globo, e Abusando, no Canal Brasil.

 

Ufa! Acabou? Não!

 

Nesta sexta-feira (17/4), André estreia um novo programa no Canal Brasil, Sonhos de Abu. Com 13 episódios – sextas às 23h30, sábados às 13h30 e segundas às 12h30 -, a série conta a história da sua própria vida, “verdadeiramente falsa”, baseada em fatos reais e sonhos de sua vida. Abu divide seus esforços entre produzir arte e sustentar sua família: Gê, sua esposa (Lúcia Bronstein), Joca, seu filho (Derick Lecouflé) e seu pai (Antônio Abujamra), ator cleptomaníaco. No elenco estão ainda Fernando Meirelles, Theo Werneck, Marcelo Mainsfield, Marat Descartes, Marcelo Werneck e Carlos Careqa, entre outros.

 

E não, ainda não acabou! Preparando-se para o lançamento do CD e show/filme/espetáculo/monólogo/musical O Homem Bruxa, o multi-homem está com um projeto no Catarse: ele quer levitar!

 

A ideia do espetáculo, no qual André estará pela primeira vez sozinho no palco e tocará todos os instrumentos – até mesmo os que não sabe tocar -, é promover uma viagem por sons, imagens, mágicas, ilusões e encantos. E, claro, a levitação.

 

Mas levitar, como imaginamos, custa caro. Envolve, além de muita coragem, tecnologia e profissionais especializados. A gravação do CD e a montagem do espetáculo, como sempre, está sendo custeada pelo próprio Abu, mas desta vez ele resolveu recorrer também a outras pessoas que também apostem na ideia.

 

Bom, falei pra caramba. Agora sugiro que você vá lá no Catarse ver as contrapartidas todas, apoiar e ainda sacar uns vídeos e ler o ótimo texto do Mauricio Pereira sobre o Homem Bruxa: www.catarse.me/ohomembruxa.

Envie para um amigo

A volta do CineSesc
Por: Mônica Herculano
publicado em: 26 de março de 2015

Screen Shot 2015-03-26 at 11.40.13 AMApós três meses em reforma, o CineSesc reabre na próxima quarta-feira (1/4), com cerimônia de abertura da 41ª edição do Festival Sesc Melhores Filmes. Ao longo do festival, serão exibidos 51 filmes, 31 estrangeiros e 20 brasileiros.

 

Na abertura, serão entregues os prêmios aos vencedores nas categorias de melhor filme, documentário, ator, atriz, direção, roteiro e fotografia para os filmes brasileiros e, melhor filme, direção, ator e atriz para os filmes estrangeiros, todos escolhidos pela crítica e pelo público dentre os filmes que chegaram aos cinemas paulistanos ao longo do ano de 2014.

 

Além da premiação, a abertura do festival terá a exibição de “A Luneta do Tempo”, longa do cantor e compositor Alceu Valença.

 

Saiba mais no site melhoresfilmes.sescsp.org.br.

 

Envie para um amigo

CATEGORIAS
Contato
para dicas:
para anunciar: