Porto Alegre
Local:
Vila Flores
Rua São Carlos, 753
Porto Alegre
(+55 51) 997629266
Horário:
Das 16h às 22h
$
Grátis
Instalação, Música
Zeitgeist Sunset | 5˚ Kino Beat

Aliando mensagens sociais, tecnologia, música e diversão, o 5˚ festival Kino Beat propõem um Sunset para dançar e pensar no mundo.

Um espectro ronda a pista de dança. Crise de refugiados, memória e preservação cultural, reciclagem, racismo, amor, opressão, esperança, distopias, utopias, natureza, excessos digitais. É possível dançar o som dos sentimentos, condições e estruturas que regem e afetam a nossa vida?

A programação do Sunset Zeitgeist apresenta artistas que abordam nas suas obras e performances parte do espírito do nosso tempo.

Edgar (SP)

Rapper paulista, Edgar Pereira da Silva lançou este ano o álbum Ultrassom e participou do 33º álbum de Elza Soares, “Deus é mulher”. Suas rimas misturam ficção científica com jornalismo e poesia, em uma colcha de retalhos verbal que pinta distopias, jogando a realidade na cara do ouvinte com todo seu surrealismo fantástico. O álbum Ultrassom, foi produzido por Pupillo Oliveira (Nação Zumbi), com a participação da cantora Céu.

https://youtu.be/K3PqXGZZEFE

Bonaventure (Suíça)

Soraya Lutangu começou a fazer música no final de 2015 após a morte de seu sobrinho Bonaventure, morto por ser negro. Soraya usou essa devastação como temática para suas músicas, incluindo causas de imigrantes, visibilidade de gênero e raça, em um contexto caótico de ritmos para pista de dança, Bonaventure busca em sua música combinar também suas raízes africanas e européias em sonoridades que “exploram os limites humanos”.

https://soundcloud.com/bonaventure_mbote

Tantão & Os Fita (RJ)

Show do trio eletrônico Tantão e Os Fita (RJ), formado por Abel Duarte (eletrônicos), Cainã Bomilcar (eletrônicos) e Carlos Antônio Mattos a.k.a Tantão (letras e vocais.) Apresentando faixas do álbum “Espectro”, improvisos e novas faixas que farão parte do álbum “Drama”. Tantão e Os Fita recortam e colam informações oriundas de diversos registros criativos para desenvolver seu trabalho autoral, carregado de referências estéticas, artísticas e históricas diversas como o rock alemão, surrealismo, cinema distópico, baile funk e literatura de rua.

Brasila Strut (POA)

Brasila Strut explora a música lo-fi, underground e obscura, resgatando músicas brasileiras perdidas e produzindo beats. O projeto foi criado pelo DJ, beatmaker e produtor de filmes Pedro Rämos.

https://soundcloud.com/brasilastrut/brasila-strut-live-red-light-radio-amsterdam-082018

VERDE – Ricardo de Carli (POA)

Verde é um projeto de som e imagem que mistura coisas que não existem com coisas que já existem. Na maioria das vezes o som parte de alguma fonte pré-existente – um brinquedo antigo, uma fita encontrada, um vídeo aleatório – e então é alterado e recontextualizado em camadas com outros sons.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1851042164935590&id=106688852704272

Mostra Audiovisual Sem Destino convida Joana Burd e Leo Caobelli

Envie para um amigo!

CATEGORIAS
Contato
para dicas:
para anunciar: