Local:
MAM
Avenida Pedro Álvares Cabral
São Paulo
(11) 5549-9688
Horário:
das 10h às 17h30
$
R$ 7 (grátis aos sábados)
Artes Visuais, Exposição
A marquise, o MAM e nós no meio

Após ser restaurada, a Aranha (1996), de Louise Bourgeois, está prestes a voltar para a sala de vidro feita para sua exibição há quase vinte anos. Quando presente, ela parece observar a Marquise e sua amplitude de territórios e usos. No extremo do edifício concedido pela Prefeitura de São Paulo para o MAM, essa escultura permite pensar como a vizinhança do museu com o vão livre, onde acontece uma das mais expressivas e espontâneas manifestações culturais, esportivas e políticas da cidade, pode informar e desafiar a identidade do museu.

É da natureza da  Aranha  costurar teias. Para tanto, precisa de quase nada, apenas a garantia de trânsito. No intervalo entre a instituição e a praça pública, a despeito dos binarismos, das barreiras físicas e dos hábitos que separam dentro e fora, vale identificar possibilidades de movimento, cooperação e aprendizado tanto mútuos como coletivos.

Enquanto o MAM aguarda a volta da obra de Bourgeois, esta mostra se inspira em sua metáfora de conexão. Um conjunto de obras do acervo do museu nesta Sala Paulo Figueiredo se articula com uma agenda de  performances, oficinas e  shows  na Marquise, dentro da programação do Domingo MAM, realizado pelo Educativo desde 2013. Por meio de uma intervenção artística, que se manifesta também como arquitetura e linguagem gráfica, O Grupo Inteiro criou peças móveis que remontam às diferentes vocações desse espaço. O pavilhão onde o MAM funciona desde 1969 já foi um Museu de Cera (1954) e um Rinque de Patinação (1955). Hoje, tem duas galerias para exposições. Esta sala, em específico, pode ser experimentada, durante o tempo da mostra, também como remanso, palco, pista, arena circular, em suas interfaces com o entorno.

Entre a história e o presente, as perspectivas e processos de agentes criativos e públicos convidados a colaborar, entre o que é dado de partida e o que cada um pode trazer consigo, o meio é um lugar de desejo não destituído de sobreposições e disputas. Aqui, ali ou em qualquer parte onde convenha tecer, se os nós não impedirem a trama, eles poderão vir a ser elos de escuta, respeito, responsabilidade, empatia e pertencimento.

Artistas e Grupos: Alessandra Leão, Amelia Toledo, Beyhive, Break Ibira, Cinthia Marcelle, Claudio Tozzi, Coletiva Ocupação, Explode!, Falves Silva, Flávio de Carvalho, Georgete Melhem, Guilherme Peters, Henrique Fuhro, House of Zion, Ione Saldanha, Ivens Machado, Jorge Menna Barreto, Josefa Pereira e Patrícia Bergantin, Laura Lima, Lenora de Barros, Manuk Poladian, Mário Ishikawa, Maureen Bisilliat, MC Delacroix, Micrópolis e Ariana Miliorini, Mídia Ninja, Mônica Nador, Nair Benedicto, Nenê da Vila Matilde, O Grupo Inteiro, Otto Stupakoff, Paulo Nazareth, Revista On/Off*, Rosana Paulino, Siron Franco, Vilma Slomp, Waldeny Elias.

Até 19 de agosto
Terça a domingo, das 10h às 17h30 (com permanência até às 18h)

 

 

#exposição #arte #hoje #agenda #guia #agendacultural #sãopaulo #mam

Envie para um amigo!

Cinema
2ª Mostra Sesc de Cinema Paulista
Diversos horários
Grátis
Cinema
2ª Mostra Sesc de Cinema Paulista
Com exibições de filmes selecionados em São Paulo para participarem da fase estadual da Mostra Sesc de Cinema que geralmente não chegam ao circuito comercial, a Mostra busca ser um espaço de lançamento e promoção dos realizadores e suas obras. Reflete o hibridismo das produções inscritas e constrói um panorama dessa recente produção audiovisual independente. […]
LOCAL
HORÁRIO
$
Grátis
Artes VisuaisExposição
Exposição Mapeamento Gráfico Popular, de Filipe Grimaldi
das 11h às 20h
Grátis
Artes VisuaisExposição
Exposição Mapeamento Gráfico Popular, de Filipe Grimaldi
O Red Bull Station recebe quatro trabalhos selecionados por meio de edital para ocupar os ateliês do prédio. Entre os projetos inscritos na segunda edição da Ocupação está “Mapeamento Gráfico Popular”, de Filipe Grimaldi. Esta exposição é resultado do trabalho realizado pelo letrista e designer durante o programa. MAPEAMENTO GRÁFICO POPULAR, por Filipe Grimaldi Através […]
LOCAL
HORÁRIO
$
Grátis
Teatro
Edward Bond Para Tempos Conturbados
21h
de R$ 7,50 a R$ 25
Teatro
Edward Bond Para Tempos Conturbados
Com uma narrativa fragmentada composta de cenas interdependentes e núcleos performáticos, a obra, livremente inspirada nas peças e nos manifestos, poesias e textos não-teatrais do dramaturgo contemporâneo inglês Edward Bond, pretende refletir sobre as injustiças e processos de desumanização da nossa sociedade. Elenco: Alice Morena, Fernando Melvin, João Sant’Anna, Leonardo Bianchi, Lívia Feltre, Susanna Kruger Direção: […]
LOCAL
HORÁRIO
$
de R$ 7,50 a R$ 25
Música
Guizado
21h30
de R$ 6 a R$ 20
Música
Guizado
Em 2018, o disco Punx, álbum de estreia da carreira do trompetista e compositor Guilherme Menezes, o Guizado, completa 10 anos. Foi com esse disco que o artista chamou a atenção da mídia e do público para seu som cheio de hibridismos originais, que representa a multiplicidade de tons da cidade de São Paulo, criando […]
LOCAL
HORÁRIO
$
de R$ 6 a R$ 20
- Mais Uia -
17/09/2015
UiaTV – Rodrigo Campos
Por: Alice Coutinho
No quarto vídeo do UiaTV, Rodrigo Campos finaliza as gravações de seu novo disco Conversas com Toshiro no estúdio da yb music, e fala sobre o processo de criação do disco. Direção, vídeo e edição: Murilo Alvesso Agradecimento: yb music
23/06/2015
Cícero
Por: Ana Clara Martins Tenório
Em uma sexta feira fria na capital de São Paulo, o teatro do SESC Pinheiros era certeza de ser um dos locais mais calorosos para a noite do dia 19 de abril.   Com ingressos esgotados desde o dia de início das vendas, o cantor Cícero apresentou seu novo trabalho intitulado “A Praia” (2015), mas […]