Rapidinha com o Uia: Rodrigo Brandão
Por: Uia Diário
10 de dezembro de 2017

22491804_1709115245766719_3228489454083370862_n Yasmim Bianco %tagsRodrigo Brandão, aka Gorila Urbano, é um dos caras que a gente mais curte em São Paulo, no Brasil, no mundo! Mais do que um MC, ele é um dos maiores agregadores no que diz respeito à cultura da cidade, reunindo artistas dos mais variados talentos, brasileiros e estrangeiros, e participando de projetos que nos dão orgulho de ser daqui e estar aqui mesmo em momentos tão malucos como os atuais.

Entre os seus feitos mais recentes, está o Brookzill, que reúne, além do próprio Brandão, ninguém menos que o DJ Prince Paul e seu parceiro Don Newkirk (ambos de Nova York e envolvidos em projetos fundamentais na história do hip hop) e Ladybug Mecca (Digable Planets). Eles lançaram seu primeiro disco ano passado, depois de 10 anos de trabalho conjunto, e a gente não vê a hora de curtir esse quarteto em terras brasileiras.

Em 2017, a gente encontrou bastante o Brandão por vários picos da cidade, em projetos como o Trovadores do Miocárdio, Black Poetry, apresentações com os parceiros do Hurtmold, discotecando na nova festa Até Deus Dança (com o DJ DvBz, Lúcio Maia e Jorge Du Peixe) e na volta da Chaka Hotnightz. Ele também esteve em estúdio gravando disco, que em breve deve chegar pra todo mundo ouvir.

Não tinha como não chamá-lo pra uma Rapidinha, né? Se liga:

Uia: Qual a boa em São Paulo?
Rodrigo Brandão: O contra-fluxo. Seja do trânsito ou do hype, a melhor cidade se apresenta onde tem espaço pra ser livre.

Uia: E um programa de índio?
RB: No bom sentido do termo, é buscar proximidade com a Mamãe Natureza: Ibirapuera, Represa Guarapiranga, Horto Florestal, ou até a USP. Do outro lado da interpretação, o quase-quarteirão ocupado pelo Villa Country é um exemplo, né? Baita programa de… cowboy, na verdade!

Uia: Uma trilha sonora pra São Paulo.
RB: Ninguém traduziu essa cidade em som tão bem quanto Racionais. Mas se ‘tamo falando dum barato + lúdico, Massive Attack tem muito a ver.

Uia: Qual o último show que você viu na cidade?
RB: Curti Raekwon, Rincon, Rimas & Melodias domingo, mas em S. André… No perímetro da capital memo, foi o Elo Da Corrente no Pico, dia 25/11.

Uia: E o último filme que assistiu?
RB: Liga Da Justiça. Piro em filme de super herói. Quando era pivete, lia os gibis e imaginava eles se movendo, como um filme mesmo. E hoje em dia, os caras já chegaram num grau que é + loko do que eu conseguia sonhar, liga? E a Mulher Maravilha faz jus ao nome.

Uia: O que te tira o sono em SP?
RB: Ódio.

Uia: Alguma solução pra voltar a dormir em paz?
RB: Amor.

Uia: Um rosto e/ou voz pra São Paulo.
RB: Mano Brown, sem dúvida.

Uia: Um espetáculo que você gostaria de ver na cidade.
RB: A reunião de todos os membros vivos do Parliament/Funkadelic em praça aberta é uma. Portishead também. E OutKast!

Uia: Qual bairro você homenagearia numa canção?
RB: O Centro Da Cidade, hoje chamado de centro velho. Que aliás, já foi tema de um dos primeiros raps gravados no país, do MC Jack. Aquilo é encruzilhada de Exu, malandro.

Uia: Uma frase que defina São Paulo.
RB: ‘The Revolution Will Not Be Televised.’ Ou ‘Liberdade é só o nome do bairro em que eu nasci’.

Envie para um amigo

Quer comentar? 00

Música
Aniel Someillan
19h
Grátis
Música
Aniel Someillan
Aniel Someillan é contrabaixista cubano radicado no Brasil desde 2014. Formado no Conservatório Nacional de Música Amadeo Roldán (Havana, CU). Apresenta ao público o seu projeto de jazz latino, ”El Quilombo”, uma pesquisa que desenvolveu baseada na integração das sonoridades dos países afro-ocidentais. Aniel Someillan – baixo acústico e elétrico Oscar Aldama – piano Rodrigo […]
LOCAL
HORÁRIO
$
Grátis
Happy Hour
Prata da Casa
18h (entrada até as 22h)
Grátis
Happy Hour
Prata da Casa
Começo de semana e aquela playlist envenenada pra dar coragem de viver. Rock, punk, pós-punk, rap e um tanto mais de sons na caixa. Sem DJ, mas com gim tônica tinindo e cerveja trincando.         #happyhour #grátis #sãopaulo #hoje #agenda #agendacultural 
LOCAL
HORÁRIO
$
Grátis
Música
Solaris @ Sem Palavras
20h
de R$ 15 a R$ 50
Música
Solaris @ Sem Palavras
Em vez de um artista, são quatro grupos que tomam conta do Segundamente em junho, todos integrantes da fervilhante cena instrumental que vem crescendo em São Paulo nas últimas décadas. Hoje é a vez do projeto solo do baterista Richard Ribeiro, que explora canções e silêncios enquanto toca bateria, xilofone e outros instrumentos à sua mão. […]
LOCAL
HORÁRIO
$
de R$ 15 a R$ 50
Teatro
LEOPOLDINA, INDEPENDÊNCIA E MORTE
20h
R$ 20 (inteira); R$ 10 (meia-entrada)
Teatro
LEOPOLDINA, INDEPENDÊNCIA E MORTE
O espetáculo recria momentos do período em que a Imperatriz Leopoldina, esposa de Dom Pedro I, viveu no Brasil. Em três fragmentos, que passam pela sua chegada no país, em 1817, até à véspera de sua morte, aos 29 anos, em 1826, a montagem joga luz à importância decisiva dessa personagem no processo de independência […]
LOCAL
HORÁRIO
$
R$ 20 (inteira); R$ 10 (meia-entrada)
- Mais Uia -
17/09/2015
UiaTV – Rodrigo Campos
Por: Alice Coutinho
No quarto vídeo do UiaTV, Rodrigo Campos finaliza as gravações de seu novo disco Conversas com Toshiro no estúdio da yb music, e fala sobre o processo de criação do disco. Direção, vídeo e edição: Murilo Alvesso Agradecimento: yb music
23/06/2015
Cícero
Por: Ana Clara Martins Tenório
Em uma sexta feira fria na capital de São Paulo, o teatro do SESC Pinheiros era certeza de ser um dos locais mais calorosos para a noite do dia 19 de abril.   Com ingressos esgotados desde o dia de início das vendas, o cantor Cícero apresentou seu novo trabalho intitulado “A Praia” (2015), mas […]